Por dentro das notícias

Páginas

1 de fev de 2011

Os novos e antigos deputados estaduais da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) assumiram hoje (1º) seus postos. Pela bancada sertaneja, os novatos Odacy Amorim (PSB) e Adalberto Cavalcanti (PHS) prometem honrar a confiança que tiveram do seu povo. Já entre os antigos, a indefinição ainda é grande, por conta do STF que ainda julga se as vagas são das coligações ou dos partidos. somente Isabel Cristina (PT) – que ficou na suplência – deve retomar seu assento, depois que o governador Eduardo Campos (PSB) levou alguns aliados na Alepe para compor sua equipe. Isso porque, independente da decisão do STF, a petista entra de qualquer jeito, já que é a primeira suplente do seu partido e a quarta da coligação. Como são cinco vagas em aberto, não tem erro. O mesmo não se pode dizer de Ciro Coelho (PSB). Se o STF decidir que as vagas pertencem às coligações, ele não entrará. Mas já deixou claro que irá recorrer. Na contramão está Augusto César (PTB), que espera ver o Supremo acatar a regra das coligações. Tanto ele quanto José Maurício Cavalcanti acionaram o Tribunal de Justiça do Estado reclamando a manutenção do que valeu para as eleições. O suspense vai permanecer por mais alguns dias, até o STF dar o parecer final Fonte: Blog do carlos britto/geppmbmdosertao