Por dentro das notícias

Páginas

18 de mar de 2010

Concurso de Agente de Edemias

RADIO Petrolina Hoje

Casa Abrigo acolhe mulheres vítimas de violência doméstica.

A Casa Abrigo Maricy Amador é considerada referência no Estado de Pernambuco. O local acolhe mulheres que sofrem violência doméstica e correm risco de morte. De acordo com a secretária da mulher de Petrolina, Maria dos Anjos, a casa tem capacidade para 50 famílias e oferece acompanhamento com psicólogos, assistentes sociais, advogados e pedagogos.

Prefeitura oferece desconto para IPTU e ISSQn de exercícios anteriores

A Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Finanças, está propondo aos cidadãos que estão com o Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbano (IPTU) e com o Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQn), de anos anteriores vencidos, a oportunidade de pagar o débito com descontos.

Secretaria da Mulher continua com programação especial

Depois de uma semana com uma vasta programação, com exibição de filmes palestras, homenagens, caminhada, visitas de apóio, almoços, café da manhã e da Semana Integral da Saúde da Mulher, onde foram realizados exames e passadas orientações, a Secretaria da Mulher estará, até o dia 27 de março, dando continuidade a programação em homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

Soldado da PMPE é preso por abordar carro de oficiais

 
Arcoverde – O caos tomou conta do município de Arcoverde desde a madrugada desta quarta-feira (17/03). A população está revoltada com a determinação da Secretaria de Defesa Social (SDS) em mandar prender o soldado JPPC. Motivo da prisão: ter abordado um carro no qual estavam três oficiais e um sargento.







Tudo começou quando pouco depois da meia - noite, o Soldado JPPC e o Cabo JBS faziam ronda pelas ruas numa viatura, quando avistaram um automóvel marca Prisma, cor prata, avançando o sinal vermelho nas imediações do Hotel Monteirão. Diante da atitude errônea e considerada suspeita, imediatamente os praças foram abordar o veículo, ficaram surpresos ao descobrir que no carro estavam dois capitães, um tenente e um sargento da Corregedoria.







Os mesmos prontamente reagiram a abordagem e insatisfeitos com a repreensão recebida, iniciaram uma discussão, sendo todos levados para a sede do 3 Batalhão. Alegando desacato a autoridade pois teria sido chamado de mentiroso, um dos capitães decidiu ligar para a Corregedoria, exigindo a prisão imediata do soldado ou do cabo.O soldado foi então preso.







Segundo o Comandante do Batalhão, Major Ferreira Junior, o soldado tem comportamento excepcional e é determinação dele que os policiais durante a ronda, abordem qualquer veículo com placa que não seja da reunião e que estejam sendo conduzidos de maneira suspeita. "É uma questão de segurança", disse ele.







Tão logo soube do ocorrido, a Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados (ACS - PE), encaminhou o advogado Dr. Tércio Soares e o coordenador Renílson Bezerra viajou ao município para verificar de perto o ocorrido, além de proporcionar apoio e solidariedade aos praças envolvidos no fato.







"Estou indignado. Isto é um absurdo. Um abuso de autoridade. Mandar prender um policial de excelente comportamento por puro capricho. Algo que poderia ter sido resolvido num bom diálogo. O soldado estava no estrito cumprimeno do dever e o carro estava descaracterizado, além deles terem cometido uma infração. Quem perde é a população que fica sem policiamento nas ruas enquanto polícia desrespeita polícia. Estamos decepcionados com a decisão da SDS e já tomamos as devidas providências", afirma Renílson.



Fonte:www.ascpe.com.br