Por dentro das notícias

Páginas

24 de set de 2010

Jarbas polariza debate. Eduardo fica na defensiva

                                                                          


Um debate que podia perfeitamente ser confundido com um combate. Apesar da batalha final só acontecer no dia 03 de outubro, o debate de ontem (23) promovido pela TV Jornal foi um retrato de como será o clima nos próximos dias, Jarbas Vasconcelos (PMDB), Edilson Silva (PSOL) e Sérgio Xavier (PV) criticaram, como era de se esperar, as ações do governador-candidato Eduardo Campos (PSB) que manteve a sua política pacífica e pregou a continuidade
Concentrado, o socialista começou o debate abordando o ciclo econômico do Estado, ao qual classificou de “virtuoso”, e reforçou a política de mais escolas técnicas e também em tempo integral, além de ressaltar ações que foram realizadas durante o seu governo como a criação do Pacto Pela Vida, programa de combate a violência.
Porém a calmaria não permaneceu por muito tempo principalmente após as críticas de Jarbas: “Eduardo afirma que está tudo a mil maravilhas” e o posicionamento incisivo de Edilson Silva que questionou os óbitos ocasionados pela falta de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) nas unidades de saúde e os homicídios. Segundo ele, 12 mil pessoas morreram por falta de UTI’s no Hospital da Restauração e 17 mil foram assassinadas devido à violência no governo eduardista.
“Nós conseguimos dobrar o número de UTI’s públicas e construímos hospitais. Sabemos que ainda existe grande desafios ainda pela frente. Edilson, nem você acredita no que está falando. Devemos seguir adiante. Quatro anos de redução de criminalidade. Essa é uma das questões que me motivam a querer governar Pernambuco, ” afirmou o socialista.
Apesar das insistências de Edilson, que chegou a propor um encontro com o socialista no Hospital da Restauração (HR), nesta sexta-feira (24), para que ele pudesse observar a situação dos óbitos na unidade, Eduardo não polemizou e disse que não comparecerá ao encontro. (informações e foto do JC Online)

Fonte: http://www.carlosbritto.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário